14.10.10

MUDERNIDADE DESCOLADA

Você está sozinha em um lugar escuro, ermo e desconhecido.

É noite, não há lua, e você está totalmente perdida.

Uma presença indistinta se faz sentir. Seu pulso acelera.

Você tenta escapar. Para onde?

A presença se intensifica. Se aproxima. Você quer olhar para trás, falta-lhe a coragem.

Você aperta o passo, na esperança de escapar. Inútil.

Seja o que for, está bem atrás de você.

E vai abordá-la... agora!

Hã?

...

Gatinha?

GATINHA?!?

Porra, Conde Drácula! Que palhaçada é essa?

Culpa do Sr. Paulo Yokota, que adaptou e ilustrou esta obscura pérola chamada Drácula em: Prisioneiro das Bruxas.

Definitivamente... ninguém merece.

Já imaginou se essa moda tivesse pegado?

2 comentários:

Tayla Olandim disse...

Okaaaaay...

Quando eu li o Spock falando "revoltz", admito que tive um ataque de riso! xD

Fernando C. disse...

Drácula com cantada de pedreiro? Essa foi ótema! XD