18.6.10

ORFANDADE LITERÁRIA


Adeus, querido Mestre.

(1922-2010)

Nenhum comentário: